BENFEITA.BLOG.2008

NOTÍCIAS DA TERRA...


A COMARCA DE ARGANIL - 19/11/2008

Freguesia sem médico

A freguesia de Benfeita durante bastantes anos tem beneficiado de uma assistência médica muito satisfatória, salvo raras excepções quando os serviços de saúde procedem a transferências de médicos ou outras alterações nos serviços que tem sempre motivo que prevalece.

Contrariamente à comodidade que temos usufruído, há cerca de um mês que esta freguesia se encontra desprovida de médico e consta que não há perspectivas de voltar a haver tão depressa, o que vem causando transtornos a muita gente com dificuldades em deslocar-se, a maioria pertencente à terceira idade.

Mas há ainda outro pormenor a agravar esta situação, que são as pessoas que necessitam de médico, dirigem-se ao serviço de urgências do Centro de Saúde de Arganil onde, segundo versão de já um razoável número de pessoas, o atendimento não é o melhor.

Sempre ouvimos dizer que para grandes males grandes remédios e entendemos que deixar uma freguesia sem médico, recorrer aos serviços públicos mais próximos e não encontrar o apoio clínico que necessita é um grande mal que também merece grande remédio.

Os doentes da freguesia da Benfeita são seres humanos como todos os outros.

A.N.COSTA

Infelizmente, este "SOS" (pedido de socorro) vai passar despercebido a muita gente: os que não lêem, os que não querem saber disso para nada e os que se dizem impotentes perante esta classe de funcionários públicos que fazem o que querem e onde querem, e ainda são considerados "semi-deuses" cá na terra, com todo o tipo de previlégios e mordomias - os Médicos!

Quem espera, desespera e, à espera de um médico, está a população empobrecida e envelhecida das nove aldeias da freguesia da Benfeita, concelho de Arganil. A única solução é a deslocação de 25 quilómetros, até ao Hospital de Arganil, para serem vistos por um médico qualquer.

Quem está por detrás de uma secretária, na cidade, pensa que isto é coisa fácil; mas, na verdade, na aldeia, esta situação toma contornos dramáticos devido à escassez de transportes públicos (o autocarro passa uma vez de manhã e uma vez à noite), ao custo dos transportes e à dificuldade do trajecto (cheio de curvas e contra-curvas apertadas), principalmente nos dias de chuva. Isto faz com que as pessoas sejam obrigadas a ausentar-se durante todo o dia, o que acresce o custo das refeições que têm de fazer fora de casa e o incómodo de terem de se deslocar aos restaurantes, para não terem de levar uma marmita e comerem no corredor do hospital. Custos esses que serão ainda mais agravados se tiverem de recorrer ao transporte de taxi. Resta o apelo aos bombeiros, à Junta de Freguesia e aos poucos vizinhos com carro! Nestes casos desesperados a população une-se e ajuda-se. Isto não passa pela cabeça das pessoas da cidade que têm muitas e variadas alternativas de transporte para os Centros de Saúde e para os Hospitais.

Se "esses senhores" pensassem nisto, com seriedade, certamente perguntariam: "E o que faz com que essas pessoas ainda se mantenham nessas aldeias?" - É claro que a resposta é óbvia e bem visível: a freguesia está cada vez mais deserta!

Depois de terem de esperar imenso tempo por uma consulta-relâmpago vem o contacto com o médico que não conhece o paciente e a sua história clínica, nem tem acesso ao seu processo e, no caso de haver exames para fazer, os médicos do hospital dizem que tem de ser o médico de família a prescever tais exames... e, como não há médico na freguesia, não há exames para ninguém!

A população indignada exige que o problema seja resolvido o mais rapidamente possível, para poderem ter um médico que os acompanhe, pelo menos, uma vez por semana; mas, a sua voz já fraca só deixa sentir um ligeiro suspiro de profunda mágoa e pesar.

Os lamentos do povo não encontram resposta na actual conjuntura: O país "importa" médicos de Espanha, Brasil e de países africanos de língua portuguesa; nas cidades há excesso de médicos nos hospitais e, para as aldeias, parece que ninguém deseja ir, ou será que anda por aí alguém a prometer aos médicos trabalho só no litoral e a esquecer-se de que Portugal não é só isso?

VIVALDO


A COMARCA DE ARGANIL - 05/11/2008

A nossa Liga...

Esta noticia é dirigida a todos os benfeitenses e amigos da Benfeita. Peço desculpa por não ter tido oportunidade de a ter redigido há mais tempo, mas por motivos profissionais não me foi possível.

Venho por este meio informar todos os benfeitenses e amigos que no dia 7 de Setembro passado foi eleita por unanimidade a nova lista de corpos sociais da Liga de Melhoramentos da Liga de Benfeita constituida por:
Assembleia - José Alberto Oliveira Gaspar, presidente; Marcelo Nunes Rosário Oliveira, vice-presidente; e Ana Rita de Pinho Oliveira Martins Gonçalves, secretária.
Direcção - António José Martins Marques, presidente; Paulo Alexandre Marques Simões, vice-presidente; Cláudia Lourenço Rei, secretária; Elisabete Margarida Castanheira Rodrigues, tesoureira; e Luís Miguel Quaresma Nunes, Manuela Fernanda Lopes Barbosa Lemos, Maria Assunção Quaresma Gonçalves Jesus Estrela, José Pedro Gonçalves Martins e Marlene Cristina Oliveira Alves Martins, vogais.
Conselho fiscal - Ângelo Fernandes Jesus, presidente; Arlindo Martins Simões, vice-presidente; e João Filipe de Pinho Oliveira Martins, secretário.

Esta nova lista tem como objectivos principais revitalizar e dinamizar esta instituição, dando possibilidade a todos os associados e amigos desta linda aldeia, de criar projectos e iniciativas que permitam dar uma nova vida à nossa colectividade.

Sendo presidente da direcção coloco à disposição um email (ligabenfeita@gmail.com) podendo ser enviadas todas as sugestões, comentários ou mesmo críticas (construtivas) para que possamos em conjunto desenvolver projectos dinamizadores.

Está a ser elaborada uma lista de sócios actualizada, para tal precisamos da colaboração de todos os sócios a fim de que esta esteja o mais completa possível. O vice-presidente e secretário do conselho fiscal estão a trabalhar nesse sentido de modo a que sejam disponibilizados os cartões de associado com a maior brevidade possível.

Em termos de actividades, a Liga da Benfeita convida os seus associados e amigos a confraternizar no dia 15, na nossa sede, em Benfeita, pelas 15:30 horas, onde haverá um farto magusto, acompanhado de bom vinho e caldo verde, revivendo velhos tempos.

A nossa Liga necessita de algumas obras com carácter de urgência, no palco do salão de baile e na cozinha. Terá de ser colocada uma placa no palco e consequente ampliação do mesmo e colocação de uma placa no telhado da cozinha respectivamente, a fim de criar condições aos nossos associados para que possam utilizar as suas instalações condignamente. No entanto os recursos financeiros são muito escassos, sendo que os valores necessários à execução destas obras se aproximam dos 5000 euros.

Apelo à bondade dos nossos associados e amigos de modo a podermos executar as obras em questão. É uma obra de todos e para todos. Para tal disponibilizamos o NIB (003505670003781203038) e a conta (CGD: 00350567037812030) da nossa Liga para que possam fazer o seu donativo, bem como o pagamento das quotizações (6 euros/ano).

Enquanto presidente da direcção apelo a todos os benfeitenses, um espírito de união em torno da nossa Liga. É um património de todos nós, está ali o trabalho de gerações de benfeitenses, é algo que nos une, a nossa Liga ...

ANTÓNIO JOSÉ MARTINS MARQUES


JORNAL DE ARGANIL - 23/10/2008

Feira dos Santos

Meus conterrâneos e amigos, como é tradição todos os anos se realiza a Feira dos Santos no Santuário da Senhora das Necessidades. Apesar do número de habitantes ser reduzido na nossa freguesia, a festa vai decorrer como manda a tradição. No que respeita às cerimónias religiosas haverá missa, às 10h00, na Igreja de Nossa Senhora da Guia que se encontra com um aspecto lindo, digno de ser apreciado. Logo pela manhã não falta a carne para as febras assadas na brasa e os belos torresmos acompanhados de bom vinho. Além disso haverá, por certo, quem queira expôr produtos para vender.

Assim, apelamos nas páginas deste jornal para a comparência de muitos visitantes que nada perderão em vir apreciar as paisagens da nossa terra.

Também recordamos que, nesse dia, durante a tarde, é o momento para ir celebrar os falecidos, pedir uma oração e prestar-lhes homenagem com flores nas sepulturas. Por isso não se esqueçam de passar na Nossa Senhora das Necessidades, fazer uma oração e deixar uma pequena lembrança a favor das obras que ainda estão por concluir, para que aquele lugar se torne cada vez mais bonito e acolhedor.

MINA


A COMARCA DE ARGANIL - 01/10/2008

Casamento

Na igreja matriz da Benfeita, teve lugar no passado dia 20 de Setembro, o enlace matrimonial de Ana Filipa Marques Simões, filha de Vitor Manuel Prata Simões e de Rosa Maria Santos Marques, da Benfeita, com Gonçalo Alexandre Neves Figueiredo, filho de José Jorge Figueiredo e de Helena Anjos Neves, de Secarias.

Apadrinharam o acto, por parte da noiva, sua tia Lizete Santos Marques e Jorge Manuel Prata Simões e, por parte do noivo, Norberto José Colaço e Ana Margarida.
Presidiu às cerimónias o padre António Dinis, que teve palavras de estímulo para com os noivos e familiares, sendo acompanhado pelo Grupo Coral da Benfeita que deu ao acto uma solenidade esplêndida.

Findas as cerimónias, todos os familiares e amigos ali presentes dirigiram-se para o restaurante Quinta da Fonte, na Gândara de Espariz, onde foi servido um lauto banquete a cerca de 130 convidados, seguindo-se uma prolongada animação que teve a participação do grupo musical ABSF, de Pai das Donas, que abrilhantou todo o convívio com música de baile, karaoke e fado, num divertimento que se prolongou até cerca da meia-noite.
Os noivos vão fixar residência na Benfeita, a quem desejamos muitas felicidades.

A.N.COSTA

A este acontecimento, infelizmente raro entre nós, o site da Benfeita deseja associar-se com grande alegria e satisfação. Nem todas as moças que têm o secreto anseio de se casarem de véu e grinalda, na igreja da sua terra, conseguem tão almejada aspiração. É, para nós, uma enorme felicidade sentir que alguém concretiza um sonho! Que a felicidade esteja sempre bem perto de vós e que o amor que sentem um pelo outro se fortaleça a cada dia.

Parabéns e muitas felicidades Ana & Gonçalo, pelo vosso casamento e pela corajosa decisão de fixarem residência na Benfeita. Que Deus vos abençoe e dê muitas felicidades!

VIVALDO


JORNAL DE ARGANIL - 18/09/2008

Festa de Nossa Senhora das Necessidades

Meus conterrâneos e assinantes deste jornal: Segundo o programa da festa de Nossa Senhora das Necessidades realizou-se nos dias 6 e 7 a maravilhosa e linda festa em honra de Nossa Senhora, padroeira daquele santuário, que teve um brilho especial. Assim, no sábado, teve lugar a procissão de velas da Igreja Matriz para aquele Santuário com as imagens de Nossa Senhora de Fátima e do Mártir S.Sebastião, e muito povo que, depois desta cerimónia, assistiu ao arraial que foi abrilhantado pelo Conjunto Gomape Music de Arganil. No domingo, dia 7, cerca das 11 horas, foi a chegada da Filarmónica de Pomares. Às 11.30 h. começou a santa missa que foi presidida pelo sr.Padre Diniz, acompanhado pelo grupo coral e pela Filarmónica; formaram um conjunto digno de ser apreciado. Seguiu-se a procissão com as imagens de Nossa Senhora da Guia, S.Bartolomeu, Mártir S.Sebastião, Nossa Senhora de Fátima e, por fim, a padroeira Nossa Senhora das Necessidades, tendo-se incorporado nesta procissão as Irmandades de S.Nicolau, Senhora da Saúde (Pardieiros), a do Santíssimo e da Senhora de Assunção desta localidade, e muito povo. Na parte da tarde foi a venda de ofertas e a actuação dos Ranchos de Santo António do Alva, o Rancho de Arganil e em seguida a Tuna de Santo António do Alva, um grupo de homens e mulheres que tocaram e cantaram muito bem e deram uma magnífica tarde de convívio e alegria. À noite, o baile foi abrilhantado por um conjunto, o Trio d'Alva.

Os mordomos desta festa foram os seguintes jovens: Ricardo Alexandre Augusto Costa, João Francisco Mateus, Sílvia Raquel Pereira Simões e Cristina Mariana Alexandre e Maria Alexandre A.Costa.

MINA

oooOOOooo

NOTA: Embora os Mordomos fossem dois ou três jovens cujos nomes já divulgámos, conseguiram, com a ajuda de seus pais, cumprir todo o programa. Embora o tempo não ajudasse, foram percorridas todas a povoações da Freguesia onde foram feitos peditórios de que damos nota das receitas:

Benfeita - 1.665 Euros; Pai das Donas - 108 Euros; Sardal - 254 Euros; Enxudro - 170,50 Euros; Pardieiros - 310,50 Euros; Monte Frio - 244,50 Euros; Dreia e Deflores ­ 144 Euros; Luadas - 285 Euros; Vendas - 2.718,45; Total - 5.899,95.

As Despesas foram: Conjuntos ­ 1.530 Euros; Ranchos e Tuna - 450 Euros; Cartazes - 1.150 Euros; Cozinheiros - 200 Euros; Iluminação - 760 Euros; Licenças - 113,45 Euros; Produtos, pão e carne - 565,45 Euros; Serviços religiosos - 186 Euros; Diversos - 462,05 Euros; Total - 5.416,95 Euros.

Embora os forasteiros fossem poucos porque o tempo não ajudasse e a máquina de cerveja tivesse avariado, além da falta de corrente eléctrica, os Mordomos, no final, ainda entregaram à Comissão do Santuário o valor de 483 Euros. Através das colunas deste jornal enviamos a esta pequena mordomia os nossos parabéns e felicidades. Que Nossa Senhora os ajude, são os votos do Mina.


A COMARCA DE ARGANIL - 03/09/2008

Liga vai reunir em Assembleia Geral Extraordinária

No próximo dia 6 de Setembro, pelas 17 horas, na sua sede, vai reunir em Assembleia Geral Extraordinária, a Liga de Melhoramentos.

Da ordem de trabalhos desta assembleia consta a eleição de novos corpos sociais e discussão de outros assuntos de interesse para a colectividade.

Se à hora marcada não houver presenças suficientes para a realização da assembleia, a mesma realizar-se-à uma hora mais tarde com qualquer número de presenças.


JORNAL DE ARGANIL - 28/08/2008

FESTA DE NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO

Dia 15 de Agosto foi dia grande para a nossa terra com festa religiosa na qual participou a Filarmónica Pátria Nova, de Coja, que percorreu as ruas da nossa aldeia. Em seguida cerca das 11 horas, foram conduzidas para a igreja as imagens de Santa Rita e de Nossa Senhora de Assunção, onde às 11:30 teve início a Santa Missa, presidida pelo pároco Dr.António Dinis, acompanhada pelo grupo coral e pela Orquestra da Filarmónica de Coja, com a igreja completamente cheia.

Depois da missa seguiu-se a procissão, com as imagens. Foi sem dúvida uma grande manifestação religiosa.
Na parte da tarde foi a vez da festa profana, no recinto do campo da bola onde foi montado um grande palco para os conjuntos, no dia 14, com os "Gomape Music" e, no dia 15, com o conjunto "Os Bacanos"; às 15:30 houve convívio folclórico com o Grupo de Cantares de Nogueira do Cravo, Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva e Rancho Folclórico Rosas de Coja. No dia 16 foi a despedida da festa com procissão, com as imagens de Santa Rita, para a sua capela, e às 16 horas, confraternização na Casa da Liga, onde não faltou animação com bela sardinhada, febras, arroz doce e boa pinga. Foi sem dúvida uma festa muito animada e bem organizada, com boa iluminação e aparelhagem sonora a cargo do sr José Antunes.

Foram mordomos os srs. Hermínio da Assunção Santos, Ricardo Joel Gonçalves, Jorge Alexandre Santos e Luís Alfredo Pinho Oliveira Martins que estão de parabéns.

MINA

oooOOOooo

NOTA: Para a Festa de Nossa Senhora da Assunção, de 2009, foram eleitos mordomos os srs. João Pedro Duarte Gonçalves de Oliveira, Valdemar Esteves, João Paulo Neves e Nuno Antunes Santos, a quem desejamos as maiores felicidades.


BENFEITA - A Minha Aldeia

Parti, e voltei com saudade
Para reviver novamente
Sonhos meus da mocidade
Que a minha alma ainda sente.

Bem cedo emigrei
Com vinte anos de idade...
Mas um dia regressei
Parti, e voltei com saudade.

Ausente, longe de ti
Sinto um desejo fremente
Voltar à terra onde nasci
Para reviver novamente.

Por entre ruas e vielas
Onde amei a liberdade
Volitam e pairam nelas
Sonhos meus da mocidade.

E já no cair da idade
Com a saudade sempre presente
Recordo amores da mocidade
Que a minha alma ainda sente.

 

ALBANO SANTOS
Lisboa - Agosto/2008


DIÁRIO DE NOTÍCIAS - 23/08/2008

'Mamma Mia!' estreia-se em terras sem salas de cinema

A ZON Lusomundo Audiovisuais decidiu apresentar a adaptação cinematográfica do célebre musical do West End londrino, através de uma breve digressão nacional que irá passar por cinco localidades sem salas de cinema. A primeira antestreia está agendada para hoje, pelas 21.00.

A estreia cinematográfica de Mamma Mia!, o musical que transportou os temas dos ABBA para o West End londrino, está agendada para o próximo dia 4 de Setembro. Os habitantes de várias terras portuguesas poderão porém assistir ao filme antes do resto do país, a partir de hoje. Tudo porque a ZON Lusomundo Audiovisuais decidiu promover o filme de um modo pouco habitual, levando a obra, em projecção digital, a várias aldeias, que partilham uma característica em comum: não possuem quaisquer salas de cinema.

No entanto, a ideia da distribuidora nem sempre foi essa, como confessou ao DN a representante da Lusomundo Isabel Lima. "Tínhamos planeado fazer uma grande antestreia e festa [de apresentação] do filme numa praia, mas devido ao enorme sucesso que o filme teve na Grécia, precisamente com sessões ao ar livre, embarcámos nesta 'loucura'", refere. "O Mamma Mia! tem as características ideais para uma iniciativa deste género".

Segundo a representante da distribuidora, a Lusomundo irá montar "um ecrã gigante, bancadas e plateia em cada um dos locais", para proporcionar todo o conforto de uma sala de cinema aos membros do público. Uma experiência interessante, que teria tudo para levar muitas pessoas a estas localidades, se não fosse pelo facto da entrada num recinto "devidamente vedado" ser feita apenas por convite. Segundo a ZON Lusomundo, os ingressos "foram oferecidos, na totalidade, pelas respectivas entidades locais (Câmara Municipal e/ou Junta de Freguesia)."

Estas sessões começam sempre pelas 21.00, e vão ser seguidas por um conjunto de festas temáticas, "que terão início pelas 23.00", depois dos créditos finais. Convém porém referir que estas festas não são mais que uma série de sessões de karaoke temáticas, centradas nas músicas dos ABBA, e cuja entrada é livre, dispensando a apresentação de convite.

Estes eventos vão contar com a presença de diversos convidados especiais, como os Blasted Mechanism, que visitam a aldeia da Benfeita, em Arganil. Já Mónica Sintra é o nome mais sonante da festa da aldeia de Cortegaça, em Ovar, agendada para 25 de Agosto. Em S.Martinho do Porto, a 27 de Agosto, os Linda Martini são o grande destaque musical. No dia 29, a Vila de Óbidos recebe Nuno da Câmara Pereira, Lena d'Água ou o músico Gomo, por exemplo. E, em S. Teotónio, nos arredores de Odemira, vão estar, a 31 de Agosto os músicos Fernando Cunha, dos Delfins, e Flak, dos Radio Macau.

A digressão de apresentação vai terminar na Fortaleza de Cascais, a 2 de Setembro, numa festa que pertende evocar a música e o imaginário dos ABBA e que contará com a participação de artistas como José Cid, Vicious Five Fonzie.

LUÍS FILIPE RODRIGUES


A COMARCA DE ARGANIL - 13/08/2008

Liga vai reunir em Assembleia Geral

No dia 17, pelas 18 horas, na sua sede, vai reunir em assembleia geral extraordinária, a Liga de Melhoramentos da Freguesia de Benfeita.

Da ordem de trabalhos desta assembleia consta a prestação de contas, discussão de assuntos de interesse para a colectividade e eleição de novos órgãos sociais.

Segundo os estatutos da Liga, se à hora marcada não houver presenças suficientes para a realização da assembleia, a mesma realizar-se-á uma hora depois com qualquer número de associados, que se espera venham a participar em força porque só assim a colectividade pode continuar a trilhar os objectivos que levaram à sua fundação.


COMUNIDADE - 11/08/2008

"Aquele Querido Mês de Agosto", exibido na Benfeita

A fazer lembrar os tempos em que ainda não havia televisão na Benfeita, foi exibido no bar-esplanada ao ar-livre do Quiosque da Benfeita, na passada 6ª feira, 08/08/08, pelas 21:30 horas, em ante-estreia, o filme "Aquele Querido Mês de Agosto", realizado pelo jovem Miguel Gomes, 35 anos, que aqui apresentou a sua segunda longa metragem que esteve presente, e causou algum burburinho, no Festival de Cannes, em 21 de Maio de 2008.

"Aquele Querido Mês de Agosto", foi produzido pela produtora "O Som e a Fúria" e tem uma participação minoritária de França na produção, apoio financeiro do Instituto do Cinema e Audiovisual e da RTP. O argumento é de Miguel Gomes, de Mariana Ricardo e de Telmo Churro. Do elenco fazem parte Sónia Bandeira, Fábio Oliveira, Joaquim Carvalho, Andreia Santos, Armando Nunes, Manuel Soares, Emmanuelle Fèvre, Paulo Moleiro e Luís Marante. Contou, ainda, com a participação de actores não profissionais e figurantes das localidades onde foi rodado durante os verões de 2006 e 2007, nos concelhos de Arganil, Góis, Pampilhosa da Serra, Oliveira do Hospital e Tábua.

"Aquele Querido Mês de Agosto" é um romance que cruza a ficção com o documentário, através de uma história sentimental que tem lugar no coração de Portugal, em Agosto, quando a população se multiplica com a chegada dos emigrantes e participa em festas e romarias, com foguetes, música e muita animação.
Estando prevista a sua estreia para 21 do corrente, nos cinemas da capital, o realizador quis, assim, prestar o seu agradecimento público àqueles que, sem serem profissionais da arte, deram o seu melhor para que este filme pudesse captar a naturalidade, a simplicidade, a autenticidade e a pureza do povo.

A projecção do filme foi antecedida com uma exibição dos "Bombos de S.Nicolau" e foi seguida de uma sessão de "karaoke", animada por Armando Nunes, que também foi protagonista no filme.


COMUNIDADE - 10/07/2008

O filme "Corrupção" exibido na Benfeita

O filme "Corrupção", inspirado nos meandros obscuros do futebol do processo judicial "Apito Dourado", é uma longa metragem em formato digital que esteve em exibição no bar-esplanada de Verão "Quiosque da Benfeita", no passado sábado, dia 5 de Julho, pelas 21:30 horas.
A obra, inspirada no livro 'Eu Carolina', de Carolina Salgado, ex-companheira do presidente do Futebol Clube do Porto, tem como protagonistas Nicolau Breyner e Margarida Vila Nova. Foi produzido por Alexandre Valente que, conjuntamente com o actor Nicolau Breyner, esteve de visita à nossa aldeia, marcando presença no local da exibição do filme, que teve acesso público, gratuito.
Nicolau Breyner elogiou a terra e falou do filme, recordando o facto de ter sido uma aposta polémica, dado tratar-se de um assunto "tabú", como era o caso da corrupção no futebol; mas que, no entanto, era um tema transversal a todas actividades do ser humano, em todo o mundo.
Os proprietários do "Quiosque" têm nos seus planos continuar a apostar na exibição de filmes e na vinda de produtores e actores para a sua promoção. As Quintas-Feiras vão reservar para as noites de "Karaoke".
Depois da exibição do filme actuaram os "Loto", de Alcobaça, que participam na banda sonora do filme "Corrupção", aquecendo a noite que, por sinal, se apresentava fria.


JORNAL DE ARGANIL - 26/06/2008

INAUGURAÇÃO DO QUIOSQUE

Conterrâneos, amigos e assinantes deste jornal, venho hoje dar a notícia de que a nossa querida Benfeita está muito bonita e em progresso, o que é bom para o turismo. Para começar temos a Piscina a funcionar, com as suas águas limpas, à espera de turistas que queiram visitar este local e apreciar a bela sombra do Arial e a beleza das Ribeiras.
No passado dia 14, pelas 7 horas da tarde, começaram a chegar à nossa aldeia, mais propriamente ao Largo Leonardo Matias, muitas pessoas, incluindo estrangeiros, para a inauguração de um Quiosque. Neste simpático espaço, poderão saborear refeições, bebidas e café, ao gosto de cada um, servidos pelo sr.Luís Correia e Nuno Gonçalves, que são os responsáveis.
A Benfeita está de parabéns, pois este quiosque é uma mais valia para a nossa terra e para os turistas.

MINA


JORNAL DE ARGANIL - 26/06/2008

ENCERRAMENTO DO MÊS DE MARIA

Durante o mês de Maio, mês de Maria, realizou-se todos os dias o Terço consagrado a Nossa Senhora de Fátima. No passado dia 1, sob a orientação de Graça Maria Borges Pereira, residente no Enxudro, teve lugar o encerramento com procissão de velas e a imagem de Nossa Senhora de Fátima, com o andor devidamente enfeitado com lindas flores, dando um aspecto maravilhoso.

MINA


COMARCA DE ARGANIL - 19/06/2008

CONTRARIADA A IDEIA DA DESERTIFICAÇÃO

A desertificação das aldeias é uma situação que afecta todo o interior do País, regra a que infelizmente a freguesia da Benfeita não foge.
Todos os lugares se têm vindo a despovoar acentuadamente, incluindo a sede de freguesia, onde mais de uma dezena de boas moradias se encontram com legendas afixadas "vende-se", para além de muitas outras que já foram transaccionadas, uma grande parte por estrangeiros que, por esta escalada veremos um dia a Benfeita transformada numa aldeia cosmopolita.
De oito casais que existiram na freguesia, que terão sido a sua origem, onde nasceu e morreu muita gente, e que pela evolução dos tempos se foram extinguindo, três deles, Casal do Pau, Casal da Misarela e Casal da Teixogueira, já se encontram habitados e há perspectivas de outros tomarem o mesmo fim.
Parece, neste caso, contrariada a ideia generalizada que havia em que caminhávamos para aqui e se transformaria num deserto a todo o tempo, mas com a afluência de pretendentes que se está verificando na aquisição de moradias e quintas abandonadas, em que se constata que os interessados procuram lugares recatados, despoluídos e onde disfrutem da quietude dos montes.
Pensamos que será de alguma importância para quem gosta da sua terra ver repovoadas as suas aldeias mesmo que seja por estranhos, uma vez que os seus naturais imigram e tendem a fixar-se noutros lugares pondo de parte a causa das suas origens.

A.COSTA


JORNAL DE ARGANIL - 05/06/2008

LIGA DE MELHORAMENTOS DA FREGUESIA DA BENFEITA

A Direcção da Liga de Melhoramentos da Freguesia da Benfeita convoca todos os associados para a ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, a realizar no dia 21 de Junho de 2008 pelas 15h30, na própria sede em Benfeita com a seguinte Ordem de Trabalhos:

1 - Prestação de Contas.
2 - Discussão de assuntos do interesse da colectividade.
3 - Eleição de novos Corpos Sociais.

Se à hora marcada não houver presenças suficientes, a Assembleia realizar-se-à uma hora mais tarde com qualquer número de associados.


COMARCA DE ARGANIL - 08/05/2008

ACESSO À SERRA DO AÇOR

Uma das obras mais importantes da freguesia da Benfeita acaba de ser constuída, a colmatar o apoio ao acesso à Serra do Açor, cumprindo-se o velho anseio das populações, entidades oficiais como a Câmara Municipal de Arganil, Junta de Freguesia; Comissões de Pardieiros e Monte Frio e Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade, que ao longo de várias décadas não descuraram de envidar os esforços possíveis para o aperfeiçoamento da rede viária ora levada a cabo.

Duas entidades enfrentaram corajosamente esta obra, sendo o pavimento betuminoso do Monte Frio até à Mata da Margaraça, comparticipado pela Câmara Municipal e da Mata da Margaraça aos Pardieiros, o empedramento em paralelipípedos, pelo Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade.

A.COSTA


201720162015201420132012201120102009 |  2008 |  20072006200520042003