Ano anterior

2008

Ano seguinte

Data Localidade Nome Idade Campa

1

13/01/2008

Benfeita

Sérgio Martins

89

B11

2

21/01/2008

Monte Frio

Manuel Pedro

85

M33

3

29/01/2008

Benfeita

Zélia Alves

85

B153

4

17/02/2008

Sardal

António Luís

86

B82

5

19/02/2008

Lisboa

Alfredo Paulo de Jesus

47

B324

6

07/03/2008

Benfeita

Isaura da Nazaré

81

B92

7

18/03/2008

Dreia

Beatriz de Assunção Monteiro

95

B85

8

21/03/2008

Pardieiros

Lucinda de Jesus Almeida

83

P58

9

27/03/2008

Luadas

Albertina Dias da Costa

91

B30

10

14/04/2008

Pardieiros

Marcelino Mendes da Costa (Massolino)

85

P83

11

29/05/2008

Luadas

José Gonçalves Matias

82

B267

12

12/06/2008

Monte Frio

Júlio Nunes

91

M109

13

19/07/2008

Pardieiros

Palmira Lopes

91

P40

14

30/07/2008

Benfeita

Carminda Gouveia Pereira

87

B70

15

10/08/2008

Benfeita

Armindo Antunes

85

B148

16

27/08/2008

Benfeita

António Martins Pereira

91

B39

17

21/10/2008

Monte Frio

Armando Pedro

80

M15

18

22/12/2008

Monte Frio

Mário Alexandre

85

M104

19

22/12/2008

Dreia

Maria Irene Lázaro Martins

76

B223

20

26/12/2008

Monte Frio

Amândio Henriques Martins

72

M86

21

31/12/2008

Benfeita

Horácio Nunes da Costa

65

B122

No dia 19 de Fevereiro de 2008, faleceu no Hospital SAMS, em Lisboa, o amigo Alfredo Paulo de Jesus, de 47 anos de idade, vítima de doença prolongada.
Natural da Covanca, aldeia da Pampilhosa da Serra, criou laços de verdadeira amizade com a gente da Benfeita, onde tinha muitos amigos e familiares, e pelo casamento com Graça Maria Fernandes Quaresma, de quem teve dois filhos, o Tiago e o Diogo. Era uma pessoa muito considerada e respeitada no nosso meio, onde se sentia muito afeiçoado. Empresário de grande sucesso, bom pai e marido exemplar, Alfredo Jesus, cultivava a cordialidade e a simpatia com toda a gente, sempre com um sorriso e boa disposição, independentemente do mal que o afligia. Por vontade própria escolheu a Benfeita para seu eterno repouso. Descansa em Paz, amigo Alfredo!


No dia 18 de Abril de 2008, faleceu no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, a nossa saudosa conterrânea Maria do Céu Oliveira Maçãs, de 72 anos de idade, tendo passado por diversos internamentos e algumas cirurgias. Era a filha mais nova de José Oliveira, "Zé Moço (pai)", e de Maria do Espírito Santo. Casada com António Barbosa Maçãs, a quem deixa viúvo, era mãe de Palmira Oliveira Maçãs, casada com Cláudio Manuel Roldão Custódio, e avó de Sónia Alexandra Maçãs Oliveira, a quem enviamos os nossos sentidos pêsames.
Maria do Céu, migrou com 21 anos para Lisboa, mas nunca deixou de visitar a Benfeita, terra onde nasceu e onde merecia o respeito e estima de toda a gente. Por opção sua, o seu corpo foi cremado, em Lisboa, no cemitério dos Olivais. Paz à sua alma!